2022
set
19
Parceria

Parque Aquícola de Lajeado recebe 1.500 tilápias do UniCatólica

No último sábado, 17, os piscicultores que cultivam em tanques-rede no Parque Aquícola de Lajedo/Miracema foram contemplados com a entrega de 1.500 tilápias, com peso médio de 180 gramas, pelo Centro Universitário Católica do Tocantins. A iniciativa foi viabilizada pelo curso de Zootecnia, por meio do professor mestre Thiago Fontolan Tardivo, do professor doutor Peter Gaberz Kirschinik e da coordenadora do curso, professora mestre Kedma Marinho e contou com a presença de aproximadamente 20 alunos do curso e de Agronomia.

A partir de agora, os piscicultores serão acompanhados pelos docentes e acadêmicos da instituição com assistência técnica para o manejo e cultivo até o ciclo final de produção, como explica o professor doutor Peter Gaberz Kirschinik. “O projeto busca apoiar os piscicultores do Parque Aquícola com os 1.500 juvenis da espécie tilápia, com menor perda de mortalidade, e trazer os acadêmicos para participarem de todo esse processo, uma vez que eles serão os futuros extensionistas. É fundamental que conheçam todas as realidades dos ambientes e os manejos, bem como o transporte, soltura, calcular biomassa, acompanhar o desempenho, entre outros”, ponderou o docente.

Para o Secretário de Administração de Lajeado, Levi Lopes Gomes, “É mais uma ação reforçando a parceria entre o UniCatólica e a Prefeitura de Lajeado trazendo esses peixes juvenis para serem criados aqui desde o período de engorda até a fase do abate. É uma experiência que está sendo desenvolvida pela turma de Zootecnia e a responsável aqui será uma acadêmica da instituição que é a Gislaine de Andrade, filha do Sr. Geanio, produtor de peixe no Parque Aquícola”, comentou o secretário.

O ponto de vista do piscicultor e do estudante

Geanio Lopes Abreu, é piscicultor no Parque Aquícola e Presidente da Associação Peixe do Segredo. Ele conta como a ação contribui para o desenvolvimento da cadeia na cidade. “Para nós é um prazer imenso ter essa oportunidade, em parceria com o UniCatólica e o município, ver esses alunos interagindo dentro da iniciativa e precisamos ter esse conhecimento. Com isso, esperamos ter uma resposta positiva em relação ao manejo, uma vez que são alunos que estão buscando conhecimento e informações, então é muito bom ter a universidade conosco”, disse o produtor.

A estudante do segundo período de Zootecnia do UniCatólica, Gislaine de Andrade, é filha do Sr. Geanio e será uma das responsáveis por acompanhar de perto o projeto. Ela conta as expectativas para o monitoramento do crescimento dos peixes. “Está sendo muito gratificante, pois já tenho alguns conhecimentos que posso agregar e com essa iniciativa vou absolver mais aprendizados tanto dentro da faculdade, quanto fora com o projeto. Além da tilápia, já cultivamos a caranha, piabanha, o pintado, e assim vamos desenvolvendo a criação durante a nossa trajetória”, disse a estudante acrescentando que a escolha do curso se deu justamente pelo trabalho que já vinha executando e pela necessidade de profissionais na região para auxiliar os piscicultores.

Publicado por Kezia Noá

Notícias Recentes

24 janeiro 2023
UniCatólica participa de Semana Integrada da Unitins
23 janeiro 2023
Abertas inscrições para auxílio de vale-transporte gratuito
19 janeiro 2023
UniCatólica seleciona Assistente de Relacionamento