2019
dez
05
Institucional

UniCatólica participa da abertura de Mostra de Educação em Saúde

Na noite de ontem, 04 de dezembro, o reitor do Centro Universitário Católica do Tocantins, padre Helenes de Oliveira, participou do dispositivo de honra da 1ª Mostra Estadual de Educação Permanente em Saúde, no auditório do Palácio Araguaia. O evento tem como tema “Reconhecendo as práticas dos trabalhadores do SUS no Tocantins”, e segue até o dia 06.

A mostra tem o objetivo de reconhecer as boas práticas dos trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS) no Tocantins. Os eixos temáticos que serão abordados durante o evento são: Educação Permanente em Saúde – movimentos de aprendizagem desenvolvidos por trabalhadores no ambiente laboral; Formação profissional em Saúde; Educação Popular e Controle Social em Saúde.

Muito emocionada, Fabíola Sandini, Diretora Etsus, agradeceu a presença de todos e a participação da equipe mobilizadora do evento. “Quero agradecer a presença de todos por reconhecerem a relevância do evento. Essa mostra é uma grande oportunidade de juntos podermos compartilhar nossos saberes e experiências. A ETSUS tem enfrentado grandes desafios, e temos que crescer muito na formação dos trabalhadores do SUS no estado do Tocantins. Hoje somos nacionalmente reconhecidas como uma escola de saúde pública”, disse.

Padre Helenes, dividiu sua fala em dois momentos, agradecimento e uma reflexão sobre a saúde do trabalhador. “ Um dos dispositivos que contribuem para a saúde do trabalhador é a qualificação, ou seja, o trabalhador precisa se sentir preparado para estar atuando, isso gera um ambiente transformador”. E continuou, fazendo uma comparação no atendimento de emergência, onde a pessoa deve cuidar da sua saúde para depois ajudar o próximo, “ isso não é individualismo, mas isso mostra que você só tem condições para ajudar o outro se estiver bem. Vejo que a Etsus tem esse propósito, qualificar o trabalhador para que ele tenha condições de ajudar o outro, pois essa é a missão de vocês trabalhadores da área da saúde”, finaliza.

Adriana Fortaleza, coordenadora de ações de nível superior do Departamento de Gestão da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, fala “Vocês sabem que no SUS tudo é uma construção, nada é tão simples, então eu gostaria de parabenizar vocês por essa iniciativa, pois é imensurável para o fortalecimento da educação permanente em saúde. Tenho a certeza que a educação permanente em saúde salva vidas! ”.

Na ocasião, aconteceu também o lançamento do livro Rede Cegonha no Estado do Tocantins: Compreensão dos Trabalhadores da Saúde, finalizando a noite com a palestra da mestra Linvalda de Araújo, sobre “Educação permanente em saúde: uma política viva e transformadora do processo de trabalho”.

A 1ª mostra segue até o dia 06 de dezembro, no auditório do UniCatólica, com apresentação de trabalhos, mesa-redonda e palestras.

 

Créditos: Jordania Negreiros Mota

Publicado por Rebeca Oliveira

Notícias Recentes

23 janeiro 2020
UniCatólica contrata coordenador de pastoralidade
15 janeiro 2020
Rematrícula on-line segue até o dia 05
13 janeiro 2020
Inscrições para vestibular do UniCatólica continuam abertas