2023
abr
20
Institucional

Estudantes de Psicologia participam de projeto Ciência e Arte

Os acadêmicos do curso de Psicologia do Centro Universitário Católica do Tocantins (UniCatólica) participaram de uma experiência com barro e argila no último sábado, 15, fruto do projeto de extensão “Ciência e Arte”. A atividade denominada “A Pessoa e o Barro: experiência e sensibilização”, idealizada pelo professor Luiz Claudio, aconteceu na Chácara Barriguda, em Taquaruçu e foi conduzida pelo artista Wanderley Batista na olaria Pote de Ouro Arts.

A iniciativa teve como principal objetivo garantir o processo de sensibilização nos acadêmicos e desenvolver a expressão da criatividade com reconhecimento de si mesmos ao utilizar as mãos como instrumento de transformação no manuseio da argila.

O professor Luiz Claudio dá detalhes sobre a realização da atividade. “Os trabalhos manuais acompanham a humanidade desde sempre, desde o uso das mãos para atividades mais rudes em períodos antigos como o paleolítico e seu uso com habilidades mais finas como o dedilhar de um aparelho celular em nossos dias. A possibilidade de moldagem de objetos, dando-lhes as formas mais diversas e mesmo impensadas a se definirem no momento do manuseio evidencia a potencialidade das mãos como instrumento de transformação tanto do objeto manuseado como do sujeito que o manuseia”, destacou o professor.

A acadêmica do segundo ano de Psicologia Joyce Jatielle Parente conta que já esteve em outros projetos extensionistas, mas este gerou um sentimento diferente. “Todavia esse foi muito especial, pois dessa vez o objeto da experiência foi eu mesma. De uma outra vez, eu proporcionava a vivência a um público ao mesmo tempo que vivenciava e observava. No entanto, ir conhecer a olaria Pote de ouro e experimentar o barro e formar dele algo foi algo MEU, minhas sensações, meu momento e foi muito rico, a arte sempre é. Ao mesmo tempo que é algo tão simples e natural como o barro, é delicado e melindroso, o que fez com que eu precisasse estar ali de presença plena. E, nesse mundo de multitarefas e alta produção, viver algo que não me deixa pensar em mais nada, em que eu não posso acelerar porque se não tudo desanda é uma experiência enriquecedora” enfatizou Joyce.

Publicado por Kezia Noá

Notícias Recentes

12 julho 2024
Docente de Psicologia apresenta trabalho em congresso nacional
11 julho 2024
UniCatólica entrega projetos feitos em parceria com Lajeado
10 julho 2024
UniCatólica abre vaga para Auxiliar de Secretaria Acadêmica