Edição Atual

n. 19
riu-n.19

Um novo número da Revista Integralização Universitária – RIU está sendo apresentada aos nossos leitores. A edição 19ª está constituída de dez artigos de diversas áreas do conhecimento, fazendo jus ao seu caráter interdisciplinar.

Nas páginas iniciais apresentamos ao leitor temas que refletem as áreas das Ciências Exatas e das Engenharias. O artigo Produção de Grãos no Estado do Tocantins: Uma Análise Através de Técnicas Estatísticas, discute sobre técnicas estatísticas adequadas para caracterizar Regiões Geográficas Imediatas – RGI e seu comportamento como áreas cultiváveis, possibilitando ao leitor conhecer as diferenças significativas entre as regiões produtoras no Estado do Tocantins. O segundo artigo, que tem como título: Impacto Econômico da Utilização de Válvulas Redutoras de Pressão em Sistemas de Abastecimento de Água: Estudo de Caso na Cidade de Palmas/TO, também utiliza a estatística para calcular perdas e ganhos na rede de distribuição de água quando utilizado válvulas de redução de pressão. Temos aqui um estudo de engenharia interessante não só para as companhias de distribuição de água como também para a população em geral. Outro artigo que também faz uso de dados estatísticos em suas análises é Uma Análise Socioeconômica Ex-Ant e Ex-Post à Implantação da Fábrica de Cimentos em Xambioá/TO. Nele os autores analisam os indicadores de desenvolvimento de um município antes e após a instalação de uma fábrica, oportunizando ao leitor também uma reflexão sobre a distinção entre crescimento e desenvolvimento econômico.

Os artigos seguintes aproximam o leitor das Ciências da Computação ao se apropriar de conhecimentos sobre o desenvolvimento de sistemas e aplicativos para as redes de comunicação. Em Desenvolvimento de Aplicativo Android para Alertar a População de Possíveis Riscos de Desastres, os autores procuram aliar os sistemas de informação à segurança da população desenvolvendo um aplicativo para dispositivos móveis, por meio do qual Defesa Civil e população possam interagir sobre possíveis sinistros. Com perspectiva semelhante, o artigo Desenvolvimento de Aplicação para Controle de Atendimentos de Emergência Utilizando Progressive Web APP (PWA), nos apresenta uma ferramenta que visa contribuir com a qualidade e agilidade no atendimento das emergências pelo Corpo de Bombeiro, capturando dados e informações relacionadas ao atendimento de forma mais eficiente. Seguindo a natureza dos anteriores, o artigo denominado Utilização de Progressive Web APPs para Desenvolvimento de Aplicações Para Dispositivos Móveis, pode auxiliar os interessados em desenvolver aplicação utilizando PWA, pois os autores apresentam o passo a passo de como desenvolver um aplicativo comercial híbrido. Como exemplo, foi modelado e implementado um APP chamado “Meu Corte” para o mercado da beleza, atividade em amplo crescimento na sociedade.

No campo das Ciências Sociais Aplicadas, o artigo: A Informatização e a Celeridade no Processo Judicial, traz um bom exemplo de interdisciplinaridade, ao associar a tecnologia da informação ao Direito. Trata-se, portanto, de uma reflexão sobre os avanços dos processos eletrônicos nas diferentes instâncias jurídicas e, consequentemente, sobre a satisfação do atendimento pela população. O Direito continua sendo abordado em Educação em Direitos Humanos no Curso de Direito: Um Diálogo entre Brasil e Portugal. Aqui os autores fazem um levantamento de como a temática dos direitos humanos é inserida nos cursos de graduação de Direito no Brasil e em Portugal, concluindo-se que os dois países têm muito em comum no que diz respeito ao tratamento dispensado a educação em direitos humanos, ressaltando ser esta dimensão uma necessidade latente indispensável à formação de todos os profissionais, sobretudo nas ciências jurídicas. Seguindo a páginas, esta edição oferece uma oportunidade ao leitor de conhecer sobre Gastos com Pessoal no Serviço Público: Um Estudo do Impacto dos Gastos Com Pessoal Frente à Receita Corrente Líquida Obedecendo aos Princípios da Lei de Responsabilidade Fiscal. Refere-se a uma discussão de como o governo gerencia o limite orçamentário destinado à folha de pagamento sob a luz da Lei de Responsabilidade Fiscal, analisando e comparando o cenário, do ponto de vista financeiro e do ponto de vista contábil. E para concluir, o artigo: As sensações, a Linguagem e o Pensamento como Elementos Fundamentais na Construção do Conhecimento, nos traz uma análise sobre como construímos nosso conhecimento, elucidando que nesse processo, as sensações, somadas à linguagem, recebem e registram o conhecimento com o auxílio do pensamento, que os organiza em ideias, carregadas de significâncias sociais e particularizadas. No entanto, outros elementos influenciadores e determinantes também são fundamentais para complexidade da construção do conhecimento. Confira-os.

 Agradecemos aos autores pelas submissões e aos revisores pelos pareceres e desejo a todos uma proveitosa leitura, nos colocando à disposição para possíveis publicações.

Publicado: 2019-03-12

Edição completa

Artigos

Ver Todas as Edições

A Revista Integralização Universitária – RIU é uma publicação da Católica do Tocantins, que tem por premissa socializar trabalhos de cunho acadêmico produzidos por docentes e discentes pesquisadores. É um veículo de divulgação de estudos e pesquisas acadêmicos nas diversas áreas do conhecimento. Os trabalhos são recebidos por fluxo contínuo pela plataforma OJS/SEER.