2022
out
11
Parceria

UniCatólica lança projeto para fomentar a produção agropecuária

Na presença de autoridades, nesta terça-feira, 11, o Centro Universitário Católica do Tocantins (UniCatólica) lançou o projeto Celeiro. A iniciativa busca criar uma rede de agro inovação com organizações pautadas em pesquisa, atividades e interesses socioambientais voltados a fomentar a produção agropecuária em pequena e grande escala, alcançando também a agricultura familiar em todo o estado do Tocantins.

Por meio de soluções agroambientais e biotecnológicas, o projeto buscará ainda ser uma referência promovendo ações para o desenvolvimento econômico e social da região MATOPIBA.

A ideia foi apresentada pelo reitor do UniCatólica, Gillianno Mazzetto, onde destacou que “É preciso pensar em forças que trabalhem conjuntas e aceleram a promoção do desenvolvimento do estado. Então tudo isso está envelopado dentro do que estamos chamando de projeto Celeiro, um instituto agroambiental e biotecnológico que está ancorado dentro de um modelo educativo que é a nossa matriz ecossistêmica, uma forma como educamos”, detalhou Gillianno Mazzetto.

Em sua fala, o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapt), Márcio da Silveira, comentou como o projeto vai cooperar para o desenvolvimento do segmento no Tocantins. “A grande contribuição foi colocar a proposta numa rede para o estado, uma política de governo, isso é muito interessante porque quando é recurso público precisamos dar retorno à sociedade. E como vamos fazer isso? Envolvendo outras instituições, montar um seminário a partir dessa grande ideia, que é uma rede da agro inovação, onde teremos que pegar as tecnologias que estão a caminho, as que já estão prontas ou àquelas que já estão sendo utilizadas e potencializá-las para que cheguem aos produtores. Essa proposta é muito interessante, pois abre horizontes para que o Estado possa entrar e participar, uma vez que envolve a política agrícola, o comércio, a indústria, o setor de treinamento, as instituições de ciência, tecnologia e inovação e de ensino”, destacou o presidente.

Os presentes

Estiveram presentes também o secretário de Agricultura, Pecuária e Aquicultura da Seagro, Adenieux Rosa Santana, o analista da Coordenação Estadual de Ecossistemas de Inovação do Sebrae Tocantins, Rogério Maracaípe, a secretária executiva da Indústria Comércio e Serviços da Secretaria da Indústria Comércio e Serviços do Tocantins, Geanny Pinheiro, o gerente de Pecuária do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), Thiago Ferreira de Oliveira, o coordenador do curso de Agronomia do UniCatólica, professor mestre Thadeu Texeira, a coordenadora do curso de Medicina Veterinária, professora mestre Juliana Pieroni, a coordenadora do curso de Zootecnia, professora mestre Kedma Marinho e a coordenadora do Laboratório de Soluções Inteligentes e Sustentáveis (LabSIS), professora doutora Ila Mello Cardoso.

Nos próximos dias as entidades idealizarão um seminário a ser realizado ainda neste segundo semestre de 2022, voltado a pequenos, médios e grandes produtores, profissionais da agropecuária, cooperativas, sindicatos e demais interessados.

Publicado por Kezia Noá

Notícias Recentes

24 janeiro 2023
UniCatólica participa de Semana Integrada da Unitins
23 janeiro 2023
Abertas inscrições para auxílio de vale-transporte gratuito
19 janeiro 2023
UniCatólica seleciona Assistente de Relacionamento